A série de ficção “Terminadores”, produzida pela Hungry Man e exibida na Band e na TNT, criada por Maria Clara Mattos (argumento original) e dirigida por Gualter Pupo, é o sétimo e último episódio do RAIO-X de Séries Brasileiras, e apresenta quatro profissionais que trabalham fazendo justamente isso: ajudando pessoas a porem fim em seus relacionamentos. A série, que só poderia ser de humor, traz a cada episódio um caso diferente a ser solucionado pela equipe de “Terminadores”. Desde o início, o grande desafio dos roteiristas era  alinhavar a história do início ao fim, mas usando cada episódio com um elemento procedimental. “O episódio pode até seguir um arco de série, mas tem um início, meio e fim dentro dele mesmo”, explica Arnaldo Branco, um dos roteiristas.

A estratégia para criar roteiros tão ricos e criativos foi aderir à Sala de Roteiristas. “Durante três semanas, a gente ficou só conversando sobre como seriam os personagens. Inventamos um passado para eles, coisas que a gente não fosse usar na série, mas que eventualmente pudessem nos orientar na hora de escrever”, conta Arnaldo. “A sala de roteiristas foi muito baseada em visões diferentes de mundo. Trabalhamos sem escrever roteiro, só escrevendo linhas soltas do que vai ser esse episódio. É o que a gente chama de escaleta, uma estrutura do que é um roteiro”, completa Thiago Amendoeira, também roteirista da série.

Assista ao RAIO-X de “Terminadores” abaixo ou na página do NETLABTV no Facebook:

Confira todos os episódios e cases da websérie Raio-X de Séries Brasileiras:

NETLABTV: Raio-X de Séries Brasileiras tem copatrocínio da Discovery Networks Brasil, Turner e Canal Space, além do apoio dos canais Discovery Turbo, History, Band, Sony, TNT, GNT e Fox Life.

Matéria atualizada em 7 de dezembro de 2017, com correção do crédito de criação (argumento original) de Maria Clara Mattos.

ERRATA:  Na publicação inicial da matéria sobre a websérie Raio-X de Séries Brasileiras – Case Terminadores não foi mencionado crédito de criação (argumento original) de Maria Clara Mattos. Aproveitamos para reafirmar o compromisso do projeto com a valorização de criadores, autores e roteiristas em todas as suas ações. O texto já foi devidamente corrigido. O Blog salienta a importância de atribuir os devidos créditos sempre que obras forem abordadas em canais de comunicação.

 

Receba NossasNovidades